A expressão “apagar incêndio” é muito utilizada para resolver problemas, ou um momento crítico, seja na sua vida pessoal ou até mesmo na empresa. Quando um problema acontece ou venha a acontecer uma ação imediata deve ser tomada para solucioná-lo.

Diante deste desafio de “apagar incêndio” o tempo poderá ser seu principal inimigo. Portanto, a liderança é o fator fundamental para solução dos problemas. Pois, mesmo que exista um planejamento algo inesperado pode acontecer.

No filme Limite Vertical temos um exemplo de um problema inesperado e como resolvê-lo. Em síntese, um pai está escalando um paredão de uma montanha com seus 2 filhos, quando de repente 2 escaladores que estavam acima deles têm problemas de segurança e por serem aparentemente amadores, acabam caindo e ficando presos, como se fossem um pêndalo através do pai. Como o peso é muito superior a capacidade do equipamento e eles ficam sustentados por apenas um grampo o pai toma uma decisão e inclina seu corpo para trás onde os 2 escaladores se soltam e caem da montanha. Mas não acaba por aqui o problema, o peso ainda é muito grande e o risco de cair e morrer os 3 escaladores é muito grande. Diante deste problema muito crítico o pai pede para o filho cortar a corda dele (pai), que está abaixo dos filhos, para que o mesmo caia e salve os filhos. O filho em pânico fala que não irá fazer o que o pai pediu e daí o pai responde: Corte a corda se não você irá matar sua irmã e você também irá morrer.

Veja este trecho do filme abaixo

Qual a lição podemos ter através deste trecho do filme Limite Vertical? É ou não é um grande “incêndio para apagar”?

Saindo da ficção e trazendo para nosso cotidiano, temos os seguintes pontos para serem observados para “apagar incêndios”:

1º – Ponto

Faça uma análise do problema e avalie os riscos do mesmo. Um diagnóstico rápido da situação pode ser fundamental para evitar ou aumentar os danos;

2º – Ponto

Seja líder, esse é um ponto chave para solução do problema. Tome uma decisão rápida visando eliminar os riscos. Se preciso for seja autoritário e dê ordens, pois dependendo do problema não temos tempo de discutir as melhores soluções;

3º – Ponto

Eliminando os riscos, investigue a causa do problema e busque a solução imediatamente.

Concluindo, mesmo que haja planejamento e estejamos preparados para qualquer situação em nossas vidas, imprevistos acontecem e por isso temos que ter uma análise crítica e tomar decisão imediata. Daí faço a seguinte pergunta: Você está preparado para cortar a corda?

Bons negócios e até o próximo post!

Randolfo Cruz

Randolfo Cruz

Administrador de Empresas e Consultor na Exitum Empresarial